diumenge, 27 de setembre de 2009

Reivindicam sabotagens em Ourense em solidariedade com Amadeu Casellas

Depois de várias especulaçons jornalísticas, semelha esclarecer-se a motivaçom do ataque contra o Paço de Justiça em Ourense, e do corte do caminho de ferro nesta mesma cidade. Segundo comunicaçons chegadas a Galiza Indymedia, trataria-se de actos em solidariedade com o preso catalám Amadeu Casellas, que está a protagonizar a sua terceira greve de fome.

O militante anarquista leva um longo pulso com administraçons penitenciárias, depois de ter cumprido o que lhe correspondia de condena, e a sua acçom motivou um movimento solidário em diferentes naçons. Nom é a primeira vez que na Galiza se produzem actos semelhantes, com cortes de vias e ataques com artefactos incendiários em prédios oficiais, reinvindicados pessoas solidárias com os presos e presas.

No seu dia, desconhecidas cortaram o caminho de ferro perto de Padrom, e em outra ocasiom colocaram um artefacto diante dum gabinete de recadaçom municipal em Santiago de Compostela.

http://www.galizalivre.org/index.php?option=com_content&task=view&id=2117&Itemid=1